Notícias
GUSTAVO GALO DESCORTINA BELEZAS E SENTIDOS POÉTICOS NOS RUÍDOS DE ÁLBUM SOBRE MUNDO EM RUÍNA
  • GUSTAVO GALO DESCORTINA BELEZAS E SENTIDOS POÉTICOS NOS RUÍDOS DE ÁLBUM SOBRE MUNDO EM RUÍNA

Gustavo Galo foi um dos destaques da música brasileira em 2014 pelo alto voo poético alçado no primeiro álbum solo, Asa, disco de som cru, indie-roqueiro, pautado por minimalismo que também embutia certa intensidade.

Dois anos depois, o segundo álbum solo do artista paulistano, Sol (2016), abriu veia mais erotizada sem reeditar todo o brilho de Asa.

Terceiro álbum solo desse cantor e compositor paulistano revelado na Trupe Chá de Boldo, Se tudo ruir deixa entrar o ruído acaba de chegar ao mundo – na sexta-feira, 19 de julho de 2019, em edição independente do artista – com cacife para repor o nome de Galo novamente em destaque na cena musical nacional.

Roçando a coesão do seminal Asa, o álbum – precedido em junho pelo single que apresentou o dueto de Galo e Otto em Nijinski (Gustavo Galo e Enzo Banzo) – reconecta o artista a um universo mais profundo, sombrio, mas iluminado pela beleza, inclusive a da poesia dos letristas parceiros do artista na composição do repertório essencialmente autoral.

Essa dicotomia luz-sombra já aparece na primeira das nove músicas do álbum, Outros (Gustavo Galo), pontuada pelo toque apocalíptico da guitarra de Luiz Chagas.

Por falar em destruição e em desabamento do mundo (inclusive o interior), Outros se conecta poeticamente com o samba Ruindo (Gustavo Galo e Paulo César Carvalho), de cuja letra foi extraído o título do álbum Se tudo ruir deixa entrar o ruído.

Sem cair no suingue, a batida percussiva de Ruindo é evocada pela bateria de Pedro Gongon e pelo toque do baixo de Gustavo Ruiz. "A cada segundo, o mundo é destruído / Por outro segundo desconhecido", lembram versos de Ruindo, em gravação que sobressai em disco que procura sentidos entre sons e silêncios.

"Dentro de mim é o lado de fora", conclui o poeta em Dentro (Gustavo Galo), faixa que se conecta com o impulso erótico que move Fora (Gustavo Galo, 2010), música dos versos "Eu fico fora de ordem / Com você / Dentro de mim".

Fora é composição pinçada do primeiro álbum da Trupe Chá de Boldo e, na costura do disco Se tudo ruir deixa entrar o ruído, evoca a pulsão sexual iluminada pelo álbum anterior Sol.

Já Ímpar (Gustavo Galo, Júlia Rocha e Júlia Valiengo) é canção apaixonada que reverbera o minimalismo do canto baixo de Galo no toque do violão de Gustavo Ruiz, condutor da faixa.

Tal minimalismo se harmoniza com a crescente intensidade que movimenta a corda poética de Stradivarius (Vitor Ramil a partir de poema de Angélica Freitas, 2017), regravação que faz sentido nos ruídos deste disco que também esboça clima de câmera no toque do piano posto por Tomás Oliveira em Homens (Gustavo Galo e Ricardo Aleixo), faixa em que se ouve ao fim a voz andrógina de Rubi a listar nomes de homens que pintavam e bordavam literalmente.

Sem a pressa inventada pelo Homem, Todo fim é generoso (Gustavo Galo e arrudA) redesenha, no arremate do disco, um mundo guiado pelos astros em dança que une as vozes de Galo e Alzira E.

Álbum feito desde 2018, no tempo próprio do artista, Se tudo ruir deixa entrar o ruído flagra esse artista sem pressa e sem pressão, descortinando belezas e sentidos poéticos no mundo em ruína encarado por este disco que confirma a personalidade ímpar de Gustavo Galo.

Por Mauro Ferreira: Jornalista carioca que escreve sobre música desde 1987, com passagens em 'O Globo' e 'Bizz'. Faz um guia para todas as tribos

22/07/2019/ 11:41:35
Outras Notícias
  • PRÊMIO MULTISHOW 2019 DIVULGA INDICADOS; VEJA LISTA
PRÊMIO MULTISHOW 2019 DIVULGA INDICADOS; VEJA LISTA
30/07/2019/ 10:44:20

Os indicados ao Prêmio Multishow foram anunciados ao longo desta segunda (29), através de ações com influenciadores digitais. Os vencedores serão escolhidos em votação aberta ao público.O evento será apresentado por Anitta e Paulo Gustavo e acontece no dia 29 de outubro na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro.Marília M...

  • LEO CHAVES OFICIALIZA A CARREIRA SOLO AO LANÇAR SINGLE GRAVADO COM LUDMILLA
LEO CHAVES OFICIALIZA A CARREIRA SOLO AO LANÇAR SINGLE GRAVADO COM LUDMILLA
29/07/2019/ 11:30:47

A rigor, Leo Chaves deu o pontapé inicial na carreira solo com o lançamento, em dezembro de 2018, de single e clipe com gravação do samba-canção Ave Maria no morro (Herivelto Martins, 1942).Embora a gravação tivesse sido caracterizada na ocasião como projeto natalino dissociado da carreira solo de Leo, começou ali d...

  • KARINA BUHR LEVANTA A VOZ COM A FÚRIA DO ÁLBUM 'DESMANCHE'
KARINA BUHR LEVANTA A VOZ COM A FÚRIA DO ÁLBUM 'DESMANCHE'
26/07/2019/ 11:20:57

Karina Buhr não foge à luta. Quatro anos após ter peitado no álbum Selvática (2015) a noção sacra de servidão feminina, a arretada pernambucana de origem baiana se ergue novamente em Desmanche.Quarto álbum solo dessa cantora e compositora que atualmente se abriga sob o céu de São Paulo (SP), Desmanche desembarca nas...

  • DJ SNAKE LANÇA 'FUEGO', MÚSICA COM PARTICIPAÇÃO DE ANITTA E SEAN PAUL
DJ SNAKE LANÇA 'FUEGO', MÚSICA COM PARTICIPAÇÃO DE ANITTA E SEAN PAUL
25/07/2019/ 11:15:05

Em seu Instagram, Anitta divulgou um trechinho de umacoreografia e incluiu o nome de DJ Snake, além de uma contagem regressiva,levantando as suspeitas de um videoclipe para a canção."Fuego" faz parte do novo disco de DJ Snake, o“Carte Blanche”, também lançado nesta quinta-feira (25). O álbum tem uma sériede particip...

  • GRETCHEN ALCANÇA OUTRO PICO DE POPULARIDADE, 40 ANOS APÓS O APOGEU, COM APARIÇÃO E MÚSICAS EM NOVELAS
GRETCHEN ALCANÇA OUTRO PICO DE POPULARIDADE, 40 ANOS APÓS O APOGEU, COM APARIÇÃO E MÚSICAS EM NOVELAS
24/07/2019/ 11:12:44

Descobridor de Gretchen, o argentino Santiago Malnati, o Mister Sam, tinha aguçado faro empresarial. Mas certamente nem ele previu em 1978 – ano em que lançou a carioca Maria Odete Brito de Miranda como cantora em compacto com Dance with me, música composta pelo próprio empresário – que a criação de Sam fosse sobrev...

  • LETRUX JOGA NA 'PISTINHA', EM DISCO DE REMIXES, AS MÚSICAS DO ÁLBUM SOLO QUE A TIROU DA 'BOLHA'
LETRUX JOGA NA 'PISTINHA', EM DISCO DE REMIXES, AS MÚSICAS DO ÁLBUM SOLO QUE A TIROU DA 'BOLHA'
19/07/2019/ 11:24:45

Foi nessa data que a cantora e compositora carioca Letícia Novaes – então já transformada em Letrux, codinome artístico adotado na carreira após o fim do duo Letuce – arremessou nas plataformas o primeiro álbum solo.Mesmo com superestimado repertório autoral, o disco Letrux em noite de climão fez a artista romper a ...